Panton é Pop


Aqui entre nós:

O artigo quer trazer, daqui por diante, temáticas que falem não só de aspectos práticos de quem vai construir, mas, sobretudo, assuntos que abordem peças que muitas vezes utilizamos na decoração de nossas casas e apartamentos e sequer sabemos a origem.

Quem constrói, quem faz uma obra, arquitetos que projetam layouts para os mais diversos imóveis, ou mesmo leigos que fazem ajustes e reformas nos seus lares, têm – mais do que um projeto arquitetônico – um projeto do seu ideal de beleza, conforto e desfrute. Portanto, quem projeta ou constrói também pensa na decoração dos sonhos do seu cliente e do seu próprio sonho.

A tecnologia hoje nos permite navegar por um sem número de opções de decoração que contemplam, além dos móveis tradicionais, objetos de adorno, soluções de aproveitamento de espaço e – até mesmo – os eletromésticos caminham por essa linha. É, por exemplo, o caso da TV Crystal UHD Samsung com modo ambiente foto. A TV desligada dá espaço a um mural que pode se mesclar à textura da sua parede, do rack onde está colocada ou suas mostrar suas fotos favoritas.

Portanto, com tanta diversificação nas possibilidades decorativas para sua residência, é interessante conhecer algumas peças e – sobretudo – a origem destas.

Afinal, seu arquiteto, ou você mesmo, quando pensa na sua casa, pensa em imprimir sua personalidade nela e torná-la única.

 

Um pouco de história moveleira:

A história dos móveis está intimamente ligada com a história da cultura através do tempo. Na Roma antiga já havia um considerável avanço em designs e construção de mobílias finas, em contraponto com a idade média onde a mobília era grosseira ou nem mesmo existia.

Na década de 1960, a era do design pós-moderno surge a proposta de criticar o design modernista e suas concepções. Esse período nos traz o uso de móveis clássicos sob a óptica de uma releitura e o uso de cores, materiais, à época modernos, como o plástico e, ao reboque dessa revolução de conceitos, e formas surge o design pop.

Um belo exemplo disso é a famosa cadeira Panton (1960) criada pelo dinamarquês Werner Panton, arquiteto formado pela Academy of Art de Copenhagen.

 

Fonte: Portal Educação, disponível em: <https://siteantigo.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/moda/a-historia-do-design-de-moveis/50767>

Como se pode observar, o uso da madeira é totalmente abolido, e temos uma peça inteira sem encaixe, feita por injeção, toda em plástico vermelho e empilhável. A cor escolhida pelo arquiteto que a concebeu foi a vermelha, mas a cadeira Panton pode ser encontrada em várias cores e seu design permanece com a pegada futurista e inusitada que ele projetou e inaugurou a era da Pop Art.

Contextualizando a Pop Art:     

A Por Art foi um movimento que abrangia vários segmentos artísticos com temas relacionados ao consumo, publicidade e estilo de vida americano, o famoso american way of life, queridinho dos brasileiros e copiado por estes durante muitas décadas.

A expressão Pop Art foi criada pelo crítico Lawrence Alloway[1], em 1956 e difundiu-se nos anos 60. Atingiu seu auge em Nova York.

Apesar do Pop – de popular – a Pop Art não deve ser considerada um fenômeno de cultura popular. É antes uma interpretação, um olhar renovado por artistas, arquitetos, design e estilistas que representavam a cultura popular e de massas.

Características da Pop Art:

  • Trazer para a vida cotidiana, conceitos de arte, aproximando, assim, uma da outra;
  • Utilização de cores vibrantes, saindo dos clássicos amadeirados e estofados, considerados monótonos e de baixa empatia com seus usuários;
  • Inspirar-se na cultura que a massa abraçasse, reconhecendo-a como sua, sentindo o pertencimento de entender aquela arte, customizada para ela, daí o uso de cores vibrantes e materiais mais baratos que a madeira;
  • Reproduzir peças publicitárias;
  • Utilizar a serigrafia como linguagem de um novo grafismo estético;
  • Imitar a estética industrial, para conferir um ar mais despojado aos seus produtos;
  • Reproduções em série do mesmo tema, o que faz todo o sentido porquanto estava voltada à cultura de massa;
  • Uso da imagem de celeridades, talvez a primeira proposta de merchandising associando como valor agregado um ídolo de admiração popular;
  • Inspiração nas histórias em quadrinhos, uma vez mais recorrendo à linguagem estética da cultura de massas, do pertencimento de todos.

 

Como funciona a cadeira Panton na decoração de interiores:

O design da cadeira Panton, levou-a a ser considerada a cadeira do século XX, por conta do seu indiscutível e estrondoso sucesso. Mas, uma peça assim, com um design que marca uma época pode ser utilizada em qualquer decoração, sobretudo as atuais, cuja linha gosta de paredes com cimento queimado, adotando, assim, uma proposta mais clean, super moderna, valendo-se de materiais e objetos de tecnologia de ponta?

Com a ajuda do seu arquiteto, usando seu bom senso, consultando publicações especializadas e – agora – visitando nosso site, você pode adotar, com segurança, um estilo que mistura cores, texturas e estilos e tornar sua casa charmosa, moderna e elegante.

A cadeira Panton é perfeita para dar cor e uma proposta diferenciada ao ambiente. E quem disse que não pode ser misturada à outras, de madeira, clássicas e até mesmo com um ar retro? Uma pitada do inusitado pode fazer toda diferença na sua decoração.

Temos aqui quatro diferentes propostas para a utilização dessa cadeira extemporânea que deixa os ambientes com um toque de inovação:

A sala de jantar, onde a Panton é misturada às demais cadeiras que também não obedecem ao mesmo estilo:

 

Fonte: disponível em <https://www.westwing.com.br/guiar/cadeira-panton/>

 

No jardim, compondo a decoração com um banco de madeira tradicional e antigo:

 

Fonte: Casa Vogue, disponível em <https://casavogue.globo.com/Design/noticia/2017/01/cadeira-panton-completa-50-anos.html>

Na sala de reunião também mesclada com um aparador escuro e cadeiras em tons de preto:

 

Fonte: Tempos Modernos Design, disponível em https://temposmodernosdesign.com.br/2018/05/14/conheca-a-historia-da-cadeira-panton/

Em uma sala íntima, onde só a Panton domina, mas com um toque de ousadia, utilizadas uma de cada cor:

 

Fonte: Foto Mercado Livre, disponível em https://www.google.com/search?q=cadeira+panton&sxsrf=ALeKk00hP3tQLmnrKwakDhe7rMV1lWWp4g:1594133384071&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=2ahUKEwiv3tPQsbvqAhWLDrkGHZDFDG4Q_AUoAnoECBQQBA&biw=1366&bih=625#imgrc=jiQRQ1IldsK6gM&imgdii=aWVtNPIKCXr-IM

A revolucionária Panton pode compor qualquer ambiente. Do mais simples, ao mais rústico, passando pelos funcionais e requintados. Uma pitada de imaginação, uma mistura de cores e a cadeira Panton se adéqua, à perfeição, em qualquer proposta de decoração.

Você com a gente:

Arquitetos, construtores, quem está fazendo obra, podem dar sugestões de novos artigos, de alguma curiosidade que gostariam de explorar, que vamos pesquisar e fazer um artigo sobre o tema proposto.

 

 

[1] Lawrence Reginald Alloway (Londres, 17 de setembro 1926Nova Iorque, 2 de janeiro de 1990) foi um crítico de arte inglês e curador que trabalhou nos Estados Unidos a partir da década de 1960. Na década de 1950, foi o membro líder do Independent Group no Reino Unido e, na década de 1960, foi um influente escritor, critico tutor nos Estados Unidos. Ele cunhou o termo pop art em 1956.

 

Artigos - Curiosidades Artigos - Decoração de Interiores
Panton é Pop

Na década de 1960, a era do design pós-moderno surge a proposta de criticar o design modernista e suas concepções. Esse ...

setembro 12, 2020
Como comprar material de construção barato? Siga estes passos

Como comprar material de construção barato? Certamente, construir ou reformar uma residência não é uma tarefa simples, m...

janeiro 15, 2020

Artigos Recentes

mais artigos
dezembro 17, 2019
Como calcular material de construção corretamente?

Um dos principais pontos do planejamento de uma obra é saber como calcular material de construção corretamente. Porém, a maioria das pessoas ignora um pouco essa parte.

dezembro 12, 2019
Dicas para realizar a sua obra com qualidade e baixo custo

Provavelmente você está à procura de dicas para realizar a sua obra com qualida...

outubro 05, 2019
Os 6 materiais que não podem faltar na sua construção dos quais você normalmente se esquece.

Depois de uma lista enorme de materiais, você ainda descobre que falta muita co...

Por Matheus Avila
novembro 10, 2019
Piso quente ou piso frio? Qual é a melhor escolha?

A casa está ficando lindo, já tomou forma e agora é a hora de decidir qual reve...

setembro 23, 2019
10 dicas de como decorar apartamento pequeno

Se você está prestes a morar num apartamento pequeno e não tem ideia de como de...

Por Maria Cecília